ESTUDANTES POLACOS VISITAM ETAR DE TORRES NOVAS E INCENTIVAM COMBATE AO DESPERDÍCIO

27 de outubro de 2021

ESTUDANTES POLACOS VISITAM ETAR DE TORRES NOVAS E INCENTIVAM COMBATE AO DESPERDÍCIO

As lamas retiradas do “esgoto” são valorizadas e aplicadas em várias culturas fertilizando os solos

 

 

 

 

Uma delegação de alunos e professores da Polónia visitou esta terça-feira, 26 de outubro, a Estação de Tratamento de Águas Residuais ETAR de Torres Novas. A comitiva polaca foi acompanhada de alunos e professores do 9º ano da Escola Maria Lamas com quem mantém uma parceria no âmbito do programa Erasmus.

O evento insere-se no plano de responsabilidade social e ambiental da ÁGUAS DO RIBATEJO e na estratégia de apoio da empresa municipal à inovação e à divulgação do conhecimento e das boas práticas na área do ambiente.

Na visita guiada pela Diretora de Produção e Tratamento, Engª Inês Matos, os alunos e docentes polacos e portugueses ficaram a conhecer o processo de tratamento das águas residuais desde a recolha e encaminhamento para a ETAR ao longo de quilómetros de condutas e com a ajuda das estações elevatórias, até à devolução do efluente tratado ao rio Almonda. A ETAR de Torres Novas é uma das maiores e mais complexas num universo de mais de meia centena de ETAR geridas pela AR nos sete municípios onde assegura o tratamento das águas residuais e o abastecimento de água.

Os visitantes ficaram impressionados com a diversidade de “lixo” que chega à ETAR de Torres Novas por via das sanitas e ralos domésticos. Cotonetes, panos, giletes, pensos higiénicos e cabelos que deviam ser colocados no caixote do lixo e encaminhados como resíduo sólido urbano (RSU).

O processo de separação das lamas que são enviadas para compostagem é um bom exemplo de aproveitamento . As lamas retiradas do “esgoto” são valorizadas e aplicadas em várias culturas fertilizando os solos e fomentando práticas amigas do ambiente na agricultura.

A visita de estudo da delegação luso-polaca surge no âmbito do programa de combate ao desperdício “Zero Waste Week 2021” onde os alunos são sensibilizados para o fomento de boas práticas que eliminem o desperdício e melhorem a pegada ambiental.

“A grande mudança está nos pequenos passos de cada um”, este é o mote para a missão diária: fazer o mínimo de lixo possível, partilhar os desafios e inspirar a mudança

O programa Erasmus promove a cidadania europeia ativa; implementa parcerias externas; estimula a aprendizagem colaborativa e o pensamento crítico e desenvolve competências de comunicação em língua estrangeira.

A Escola Maria Lamas e o Agrupamento Gil Paes participam em várias trocas de experiências em diferentes áreas do conhecimento no âmbito do Erasmus.