CENTENAS DE ALUNOS COMEMORAM DIA DO AMBIENTE COM AR E DECO

5 de junho de 2018

CENTENAS DE ALUNOS COMEMORAM DIA DO AMBIENTE COM AR E DECO

 

Mais de seiscentos alunos de todas as idades participaram no DIA ABERTO promovido pela ÁGUAS DO RIBATEJO em parceria com a DECO, com os municípios e escolas que integram os sistemas de abastecimento de água e saneamento.

A iniciativa integrada nas comemorações do DIA MUNDIAL DO AMBIENTE, que se assinala nesta terça-feira, 5 de junho, começou logo pela manhã com visitas dos alunos do 1º ciclo, ensino profissional e universidade sénior aos equipamentos de tratamento de água e de águas residuais.

Na Estação de Tratamento de Água ( ETA ) de Salvaterra de Magos vários foram os alunos que se mostraram surpreendidos com a dimensão da estação e as funções dos equipamentos que tratam a água após a captação. É a partir da ETA que a água entra na conduta distribuidora que a leva às casas e escolas dos alunos. “Já com quase 80 anos, estou a saber agora como tratam a água.

Desconhecia estes processos. Agora estou mais informada e acredito mais na qualidade da água que bebo”, explica uma das alunas da Universidade Sénior do Município de Salvaterra de Magos.

Ao lado Nuno e Joana brincam com os balões que receberam depois de uma visita a um reservatório gigante. “Esta água dava para milhares de pessoas em todo o mundo”, atira Nuno, apontando para um dos reservatórios que abastece Salvaterra de Magos e Foros.

Em Coruche, os alunos do pré-escolar e jardins de infância aprenderam o ciclo da água de uma forma didática e divertida. As ações promovidas pela DECO e AR, no âmbito da iniciativa Escola em Festa, sensibilizaram para a importância da água e para a necessidade de a usarmos com moderação.

Suzana Pestana da DECO realçou a importância de formar consumidores responsáveis a partir das escolas porque as crianças são a forma mais simples e direta de chegar às famílias.

Ali bem perto, alunos da Escola Profissional de Coruche visitaram a Estação de Tratamento de Águas Residuais de Coruche. A ETAR foi a primeira de um conjunto de 10 construídas no concelho de Coruche nos últimos 10 anos. Margarida Sousa, responsável pelo gabinete de qualidade da AR, destacou a eficiência do tratamento evidenciada nos indicadores das análises da qualidade da água após tratamento.

Durante a tarde, o auditório da Escola Profissional de Salvaterra de Magos encheu para debater boas práticas no consumo de água. Alunos e professores foram alertados para a necessidade de preservar um bem precioso. “O valor da água está acima do ouro e do petróleo porque sem água não vivemos e podemos viver sem ouro e sem petróleo” revelou Miguel Carrinho, Diretor Financeiro da Águas do Ribatejo.

Osvaldo Nunes, economista e professor na EPSM defendeu que a água em Portugal é barata se compararmos com o preço de outros bens de consumo. “Achamos que a água é cara, mas todos pagamos muito mais pela fatura da internet. E o que é mais importante? Sem água não vivemos”, disse o docente que defende que deverá haver uma sensibilização reforçada nas escolas para aprendermos a valorizar a água não pelo seu preço, mas pelo valor fundamental e imprescindível para a vida.

“A água está em toda a nossa vida. Quando comemos um tomate 95% do seu volume é água, quando compramos umas calças ignoramos que foram gastos milhares de litros de água para as produzir, concluiu.

Em jeito de conclusão, Suzana Pestana da DECO alertou que é o momento de revermos os hábitos de consumo e a nossa pegada hídrica optando por soluções que reduzam o consumo da água de modo a garantir a sustentabilidade e o equilíbrio do Ciclo Urbano da Água.